Entrevista: Toshiyuki Kubooka, diretor de “Berserk: A Era de Ouro”

Durante o “XVIII Salón del Manga de Barcelona“, Robert, do Deculture, teve a oportunidade de entrevistar Kubooka, confiram:

Se passaram 13 anos desde o fim do anime Berserk, como se iniciou o projeto da trilogia?

Por um lado, já tinha se passado um bom tempo desde que a série de televisão antiga foi transmitida e tinha a sensação de que as pessoas estavam prontas para aceitar uma nova versão anime desta história, e dada a profusão de animes “moe”, achei por bem criar uma obra como Berserk , mais bruta, masculina…

Como foi o processo de criação de Berserk? Quanto tempo levou para criar os filmes?

Em 2008 criamos um episódio piloto que foi encomendado e em 6 meses recebemos sinal verde para iniciar o projeto. Desde então, tocamos o projeto de Berserk por 4 anos sem descansar.

Por que você decidiu fazer uma série de filmes e não uma série de TV?

Há vários fatores: em primeiro lugar o conteúdo de Berserk é cada vez mais difícil para a televisão, de modo que seria inapropriado para a transmissão hoje em dia. As emissoras teriam censurado o conteúdo e eu não queria que isso acontecesse. Foi também oferecido a opção de realizar uma série de OVA’s para publicação em DVD, mas em consequência o orçamento seria reduzido drasticamente, pelo desejo de fazer um produto de qualidade, um produto melhor, acreditamos que a opção mais viável era realizar filmes para o cinema.

O sucesso de Berserk em todo o mundo é indiscutível,  então é possível que antes de iniciar o projeto você já conhecesse o trabalho. Que impressão teve ao lê-lo?

Sim, eu sabia que a série existia, pois já havia lido várias vezes a revista na qual é publicada, mas nunca me chamou a atenção para acompanha-lá. Uma vez que me propuseram o projeto, decidi comprar o mangá e lê-lo por inteiro, fiquei muito impressionado com o enredo. Como eu pude ter perdido uma obra tão boa por tantos anos? (risos).

Mesmo com sua extensa carreira, esta é a sua primeira incursão como diretor de um longa-metragem de animação. Como foi esse primeiro contato?

Tenho vasta experiência dirigindo sequências de animação, fazendo design de personagens em jogos de vídeo game e inclusive fazendo curtas, então me sentia preparado para dirigir um filme de animação.

Uma vez imerso no projeto você percebe a dificuldade adicional que tem como diretor de cinema em relação à situações que antes, como diretor de animação, não tinha: primeiro, a necessidade de reduzir o conteúdo para caber tudo no espaço de um filme. Berserk é uma obra com muito conteúdo e a responsabilidade de deixar o filme à altura da obra original recai sobre mim. Por outro lado, você percebe a quantidade de pessoas que estão envolvidas no projeto e tem que saber como gerenciá-las da melhor maneira possível para obter o melhor resultado.

Se tivesse que escolher um personagem dentro do universo de Berserk com o qual se identifica ou  pessoalmente gosta, qual seria?

(Ele pensa muito). Se eu tivesse que escolher um personagem com qual eu me identifico seria com Guts, por sua bravura, a força que tem para continuar, mas por outro lado eu gosto muito do caráter e da personalidade de Griffith… Eu não sei, talvez com ambos… (risos).

Kentaro Miura foi envolvido no projeto? Vocês puderam trocar impressões sobre o resultado do filme?

Kentaro Miura, como criador de Berserk, esteve muito envolvido no projeto desde o início e teve papel fundamental na tomada de decisões dentro do filme, desde a seleção do estúdio, o tipo de roteiro que melhor se ajustava… Uma vez que o projeto foi finalizado, ele teve a oportunidade de assistir o resultado final e a impressão que me transmitiu foi positiva. Ele não se queixou de nada, expressou sua satisfação e viu como bom o resultado final, por isso estou muito feliz.

No próximo mês de Fevereiro será exibido o final da trilogia de Berserk, o que você pode nos dizer sobre esta última parte? Você acha que os fãs vão ficar satisfeitos com o resultado dos filmes?

Neste momento eu não posso dizer nada sobre o desfecho e claro que não se pode prever a reação do público, mas estou convencido de que todos os que gostaram dos dois primeiros filmes vão ficar felizes com o resultado. Em qualquer caso, todos os fãs com que falei me deram ânimo para continuar a saga. Obras como Berserk tem um magnetismo especial que atrai o desejo de continuar, de não parar em uma trilogia de filmes.

Após finalizada a exibição da trilogia, tanto no Japão como internacionalmente, há possibilidade de continuação da saga? Você já recebeu alguma proposta a este respeito?

Agora mesmo eu não sei de nada (risos), mas se eles me oferecerem a oportunidade de continuar eu aceitaria sem dúvida nenhuma, estamos muito motivados com Berserk, e se por alguma razão a saga não prosseguir não será por decisão minha.

====================================================================================================

Em uma outra entrevista que ocorreu no mesmo dia foi-lhe perguntado se após essa trilogia acabar haverá algum jogo de Berserk, Kubooka respondeu que provavelmente terá sim!

Para visualizar a entrevista completa e saber mais sobre ele clique aqui

[ATUALIZADO 25/11/2012] Vocês também podem conferir uma entrevista em vídeo realizada neste mesmo evento, que foi cedida gentilmente por “Envy-akari Shima“, a entrevista ocorre toda em espanhol! [FIM DA ATUALIZAÇÃO].

14 Comments

  • Dá pra ver que o cara tá interessado, gosta da obra e se esforçou bastante, fico feliz com isso.
    Mas acho que ele não foi bem naquilo que ele revelou como sendo uma dificuldade no filme: “[…]a necessidade de reduzir o conteúdo para caber tudo no espaço de um filme. Berserk é uma obra com muito conteúdo e a responsabilidade de deixar o filme à altura da obra original recai sobre mim.”

    Isso é a minha opinião, e como, segundo ele, os fãs com quem fala têm o encorajado e até o próprio Miura aprovado, não posso fazer nada xD

    Mas que o Project continue! o/

  • Nas outras entrevistas eles confirmaram a continuação de outros projetos não??? Que eu me lembre eles pretendiam encerrar a saga apenas em 2020… e no trailer três fala: Será que esse é o fim?? (se fosse o fim nem isso eles colocariam) Creio apenas que vai demorar bem mais tempo pra chegar as novas sagas, infelizmente =

    • isso é jogada deles, vc pode notar pela opening do primeiro filme várias coisas de outra saga, tá claro que eles tem intenção de animar… mas deve demorar um tempinho sim

      • Verdade, deve demorar um pouquinho mais… mas tudo bem cara to louco pra ver esses filmes , estão fodas pra caralhoo já fiz a minha contribuição comprando o blueray do primeiro… espero que tenha rendido bastante pra empresa que ta produzindo e que eles lucrem muuuuito XD para continuar a saga…

        • é isso ai mano, você é um dos poucos fãs que se importam e fazem isso…espero que compre o segundo tbm

          estou esperando sair os 3 pra comprar a trilogia de uma vez só

  • Boa entrevista, Kubooka tirou uma dúvida que eu tinha sobre a possibilidade de Berserk ser animado para TV, considerando o que ele disse(sobre a parada da censura) acho que os filmes são a melhor opção mesmo.

  • “Em uma outra entrevista que ocorreu no mesmo dia foi-lhe perguntado se após essa trilogia acabar haverá algum jogo de Berserk, Kubooka respondeu que provavelmente terá sim!”

    nossa! é tudo que eu mais desejo *.* um novo game de BERSERK *———————*

  • Se vai haver nvos filmes após a Era de Ouro vai depender do retorno Financeiro e aceitação dos Fãs por mais que haja intenção e cenas pós apocalipse tudo vai depender disso u.u

Deixe uma resposta